Help Blogger: Qual plataforma usar?

10 de jan de 2018

Hello meus Unicórnios Fabulosos! Tudo bem? Eu estou ótima e estou de volta com várias séries de postagens que havia começado a alguns anos. Uma delas é a série Help Blogger, onde eu ajudo blogueiras iniciantes a criar o seu blog. E hoje iremos falar sobre plataformas.
Existem diversas plataformas de blog e você pode escolher a que mais combina com o seu objetivo. As opções também se adaptam a qualquer assunto que queira abordar no seu blog: Moda, decoração, viagens, gastronomia, marketing... Então vamos ao Top 5 com as melhores plataformas para blog.

O Blogger (ou Blogspot) é uma plataforma gratuita criada para produção de um blog para a empresa ou pessoa física que deseja produzir e monetizar seu conteúdo através de uma plataforma dinâmica e simples. A principal vantagem do uso do Blogger está em sua dinamicidade e facilidade de alterar algumas configurações visuais diretas do portal criado. Porém, por ser uma plataforma XML, o Blogger exige um pouco mais de trabalho na hora da edição geral, se comparado aos seus concorrentes diretos – mesmo assim nada que não se resolva com uma breve pesquisa no Google. Por permitir inserção de artigos publicitários, não ser necessária a preocupação com hospedagem e ser 100% grátis, o Blogger é uma das plataformas mais buscadas pelos produtores iniciantes.

O Wordpress possui a comunidade mais ativa em produção e gerenciamento de sites e blogs atualmente. Fácil, dinâmico e dono de muitos serviços únicos, o Wordpress é sempre muito procurado por iniciantes que desejam uma hospedagem de site, e o consequente crescimento dentro da internet. Com uma facilidade muito grande desde sua instalação, passando por sua configuração e futuro gerenciamento, o Wordpress é, com toda a certeza, o mais prático entre todos.

Talvez nenhuma plataforma popularize um usuário de maneira tão assídua como o Tumblr em termos de alcance. Uma boa estratégia de marketing digital passa pelo Tumblr no que tange a popularização do nome do produtor de conteúdo. Com uma interface bastante minimalista, onde a composição do conteúdo é o próprio design da página, o Tumblr, com certeza é uma das melhores plataformas para blog existentes, sendo muito subestimada e pouco procurada pelos usuários produtores de conteúdo. A principal vantagem do Tumblr está em sua prática e rápida disseminação de informação que atinge um grande público de maneira rápida e instantânea, popularizando o produtor de conteúdo, atraindo público com uma estratégia digital.

Com uma interface bastante simples de ser customizada através de serviços mobiles (como smartphones e tablets), o Jimdo é uma ótima opção de estabelecimento de uma estratégia digital e de praticidade na hora de criar um blog, afinal os passos para a constituição do portal se dá de maneira rápida e mais dinâmica, se comparada aos demais.


Utilizado para a criação de pequenos sites até grandes portais da internet, o Joomla possui uma comunidade bastante heterogênea – até mais do que o Wordpress, afinal, conta com microsites e macrosites sustentados pela mesma plataforma. Quando se fala em Joomla, geralmente se fala em portais gigantes, como o Facebook, por exemplo, afinal ele é um sistema de gerenciamento de conteúdo 100% customizável e é mantido por webmasters de todo o mundo. Por ser um site mais robusto, o Jommla conta com um público bastante voltado a empresários que desejam crescer com sites, pois ele visa uma macro produção de conteúdo otimizado no portal criado.

Agora é só escolher a sua plataforma!

FANATC: Revista Japonesa de Moda e Cultura.

8 de jan de 2018

Quatro mulheres jovens na Bunka Fashion College lançaram uma nova revista de moda japonesa independente chamada "FANATIC".
Criado por Rizna, Fuki, Haruka e Mei - As quatro mulheres jovens atrás da Revista FANATIC (foto acima), cada uma com seu próprio senso de estilo, são alunas da escola de moda mais famosa do Japão, Bunka. - a primeira edição do FANATIC atingiu as ruas no final de março de 2017.
A revista FANATIC foi concebida desde o início para ser uma revista impressa, algo que os produtores acreditam ainda é necessário mesmo em um mundo de mídia cada vez mais digital. Por enquanto, eles planejam publicar quatro edições do FANATIC por ano. A frequência aumentará se a revista se tornar mais conhecida. A distribuição gratuita inicial do FANATIC é através de lojas vintage, cafés e boutiques de marca em bairros populares entre os jovens e da moda de Tóquio - incluindo Harajuku, Koenji e Shimokitazawa.
A primeira edição da FANATIC apresenta os snaps de rua Harajuku, juntamente com entrevistas com jovens designers japoneses, lançamentos editoriais e artigos relacionados à moda (língua japonesa). A sensação da primeira questão é a de um fanzine de alta qualidade. A revista é criada e publicada por jovens estudantes universitários, pelo que o design e o conteúdo podem evoluir e melhorar ao longo do tempo.

Rizna, Fuki, Haruka e Mei compartilharam o conceito e propósito da revista FANATIC em uma entrevista. Quando você conhece as meninas, todas elas são bonitas e coloridas. Tão divertidas quanto eles parecem, elas são muito sérias sobre esse projeto. Traduzimos o seu manifesto FANATIC Magazine para português abaixo:

"Para aumentar a cultura da moda do Japão contemporâneo, Tóquio e Harajuku, nós quatro, estudantes da Bunka Fashion College lançamos a revista FANATIC.
Estamos trabalhando todos os dias para preservar a história da moda moderna através de uma ressurreição de mídia impressa, focalizando as coisas inexprimíveis que algum dia desaparecerão das redes sociais e da internet, dando forma a uma nova era de moda emocional e visualmente vibrante como nós crie uma crônica para nossas próprias gerações futuras e futuras.
Atualmente, estamos produzindo um papel sazonal gratuito quatro vezes por ano. No próximo ano, nos concentraremos em anúncios e patrocínios; É nosso sonho receber um código de barras e prateleiras em livrarias em todo o país e até ao redor do mundo. Por enquanto - após o nosso lançamento - estamos concentrando nossa distribuição em lojas de roupas vintage e salões de beleza nos bairros de Tóquio de Harajuku, Shimokitazawa e Koenji. Também aceitamos pedidos por e-mail para que pessoas fora de Tóquio possam colocar as mãos na nossa revista.
O tema da primeira questão do FANATIC é "auto-expressão". Recolhemos instantâneos e projetos com foco em pessoas capazes de se expressar e sua própria personalidade.
A Revista FANATIC é editada no Centro de Estudantes, e muitas das pessoas apresentadas nela são estudantes. A razão para isso é que, no mundo de hoje, enquanto as pessoas com muitos seguidores nas redes sociais têm suas criações vistas e avaliadas, ainda achamos injusto que nós estudantes produzindo criações realmente interessantes sejam limitados por quantos seguidores de redes sociais eles têm. Este é o fórum para o nosso desejo de ser mais justo e introduzir um número maior de pessoas para os estudantes japoneses que serão responsáveis ​​pela cultura da moda no futuro, pois permitimos que essas crianças espalhem suas asas e expandam seus horizontes.
Além disso, nosso conceito de capa é "Lembre-se de como nos sentimos naquela época, porque queremos ser nosso verdadeiro eu". Comecemos por olhar para o eu desnudo e não regenerado. Que bater de seu coração quando você gosta de alguém pela primeira vez, quando você anseia por eles. Você esqueceu esse sentimento, certo? Lembremos o verdadeiro eu, inocente, gentil, sem ostentação, o eu que era puro. Produzimos uma primeira questão para que as pessoas se sintam assim mais e mais ao virarem as páginas."
Para mais informações sobre FANATIC Magazine, verifique os seguintes links:
• FANATIC Magazine no Instagram.
• Revista FANATIC no Twitter.
• Instagram das fundadoras da FANATIC: Rizna, Fuki, Haruka e Mei

06/01 Dia da gratidão

6 de jan de 2018

Dia 06 de janeiro é o dia de agradecer a Deus por tudo, às pessoas que nos fazem bem, aos nossos amigos pela amizade, aos nossos pais pela dedicação...

Mas o que é gratidão?
Gratidão ocorre sempre que alguém faz algo que o outro gostaria que acontecesse, sem esperar nada mais em troca, e isso faz com que a pessoa que fez a ação se sinta feliz e a que recebeu também. A gratidão traz junto dela uma série de outros sentimentos, como amor, fidelidade, amizade e muito mais. Diz-se que a gratidão é um sentimento muito nobre.

Benefícios da gratidão
A gratidão te lembra das coisas positivas da vida. A gratidão te lembra do que é realmente importante. A gratidão faz você agradecer aos outros. A gratidão transforma o negativo em positivo. Então, faça de todos os seus dias, o Dia da Gratidão!


5 Dicas para dias de mais gratidão:
1. Agradeça a Deus todos os dias pela sua vida e saúde.
2. Diga sempre obrigado às pessoas que lhe prestam algum favor ou gentileza.
3. Tente enxergar o lado bom das coisas ruins que por ventura acontecer.
4. Enxergar o lado bom e qualidades das pessoas também é muito bom!
5. Dê valor ao que você tem e se alegre com os mínimos detalhes do dia a dia.

Momento de pura gratidão
Neste dia da Gratidão, o meu muito obrigada a todos os meus seguidores. Não só os daqui do blog mas os que me acompanham no canal, no instagram, facebook, snapchat, as pessoas mais kawaii do mundo que fazem parte do meu grupo no Whatsapp... A todos que acolheram o Não Sou Uma IT e mandam recadinhos fofos diariamente para tornar a vida mais bela. São vocês que fazem tudo isso aqui acontecer e me dão força para continuar quando a bad me pega. Obrigada também a todos parceiros que acreditaram em mim e mandaram produtinhos maravilhosos!

O lado sombrio de Tonari no Totoro

5 de jan de 2018

Tonari no Totoro, Meu Amigo Totoro (título no Brasil) ou O Meu Vizinho Totoro ou simplesmente Totoro (título em Portugal) é um filme animado de fantasia escrito e dirigido por Hayao Miyazaki e produzido pelo Studio Ghibli em 1988. O filme conta a historia das duas jovens filhas (Satsuki e Mei) de um professor e suas aventuras com espíritos da floresta amigáveis no Japão pós-guerra rural. É um filme muito conhecido por diversas pessoas, que adoram assistir animes, mas o fato é que existem rumores sobre este desenho de Miyazaki Hayao.
Dizem que o anime foi inspirado no caso Sayama, que aconteceu no mês de maio do ano de 1963. No qual uma menina que foi estrupada e morta, em seguida foi encontrada por sua irmã mais velha, e disse ter visto um tanuki (guaxinim) e um gato. Mais tarde, ela comete um suicídio. Dois dias após o corpo ser encontrado, um homem da vizinhança, se suicida antes de casar-se, pois teria o mesmo tipo sanguíneo verificado na cena do crime, e muito supostamente seria o culpado. Devido a esse fato de suposto o responsável ser um dos vizinhos, o título do filme é "Meu Vizinho Totoro".

Mei (vem de "May", em inglês) e Satsuki, significam "maio", mês onde se passou a história, e aconteceu o caso Sayama.
O filme seria um relato do pai (um escritor) sobre o que suas amadas e falecidas filhas estariam fazendo naqueles momentos.
No começo do filme, as meninas enxergam bolinhas pretas chamadas sussuwatari, sinal de que a morte aproxima-se, tal como o próprio Totoro (que seria um shinigami-como um deus da morte, em japonês), e a vó avisa ao pai que só as filhas podem vê-los, apesar de não ter mencionado nada a respeito de alguém da família da avó ter morrido com pouca idade.
Quando a irmã mais velha encontrou sua irmãzinha (no caso Sayama) ela não estava totalmente morta, e disse "eu vi um tanuki e um gato monstro". No anime, Totoro tem as cores de um guaxinim e o neko-bus é um "gato monstro".
O filme não diz especificamente onde é o local que se passa a história, somente que é 3 km do hospital da mãe, mas na caixa de chá da avó, há uma identificação que diz: "Chá de Sayama" (estabelecendo uma relação com o caso de mesmo nome).
O nome do hospital onde a mãe está internada se chama "shichikoku biyoin", o hospital de Sayama se chama "hachikoku biyoin".
• O neko-bus é um ônibus que leva as pessoas aos seus destinos, mas quando ele vem buscar Satsuki, está escrito: 墓道. O 1° kanji significa "túmulo", e o segundo significa "estrada" (traduzindo:"caminho do cemitério") e quando a menina entra no ônibus, a inscrição muda para "Mei".

Segundo as más línguas, Mei sempre esteve morta, o que explica a capacidade da mesma poder enxergar o Totoro. Satsuki só enxerga o Totoro quando sai à procura de sua irmãzinha, e por onde ela passa, as sussuwatari estão no pé dela, e (segundo dizem) é quando Satsuki decide se unir a sua pequena Mei.
•  No poster do filme, Mei está usando as roupas de Satsuki e esperando ao lado do Totoro, mas no anime, a pequena está no colo da Satsuki. Então porque ambas não estão no poster?
Quando Mei vai entregar o milho a mãe e, por ventura, acaba se perdendo, ela se depara com seis estátuas, que representam seis pessoas mortas, no referido caso Suyama (4 filhos, sendo duas meninas, um vizinho e a mãe das crianças).
Quando as meninas estão no neko-bus (que dá uma carona a elas até o hospital para entregar o milho a mãe), toca uma musica com a frase: 乗ったお客は陽気なおばけ” "notta okyaku wa youki na obake", que se traduz como sendo: "aqueles convidados que andam por aqui, são alegres fantasmas".
Quando o pai vê o milho, ele não sabe que o entregou, apenas sabe que estava escrito "para a mamãe", mas, ao contrário dele, que age indiferente, a esposa diz ter ouvido "as risadas das filhas", e por isso, elas que haviam entregue o alimento.
O filme acaba aí, entretanto, se analisarmos o final, realmente parece que as meninas morreram, mas no caso de Mei, há quem diga também que, por estar muito isolada, não se sabe se ela já estava morta na história do milho ou antes.
O hospital da história também tem conexão com o original, já que ambos tratavam de tuberculose, doença que foi a causa principal das muitas mortes nas décadas de 50 e 60.
Obviamente que o estúdio negou qualquer tipo de conexão com o caso Suyama, porque seria inadequado fazer um anime deste caráter, voltado ao público infantil.

Sinistro, não é?! Destruiu totalmente toda a magia e alegria do anime hahaha.
Vocês acham que essa história é real?

Top 5: Parques de diversão temáticos conhecidos em torno de Tóquio.

3 de jan de 2018

Quando você pensa em parques temáticos no Japão, definitivamente vem á mente dois lugares: Tokyo Disney Resort e Universal Studios Japan. Eles são os poderosos parques temáticos e atraem milhões de visitantes a cada ano. Mas e se você for ao Japão e simplesmente não sentir vontade de se apertar no meio da multidão de pessoas e esperar na fila por horas? Felizmente, a Disneyland não é sua única opção. Em Tóquio, há muitos divertimentos e parques temáticos que são menores, mas não menos divertidos. Então hoje, irei te apresentar 5 deles!


05: Fuji-Q Highland

Se você gosta de montanhas-russas hardcore, uma visita a Fuji-Q Highland será perfeito. Com passeios extremos, terríveis atrações da casa assombrada e uma visão gloriosa do vizinho monte Fuji, este parque de diversões vai ser um teste de coragem do início ao fim. Se isso não é emocionante o suficiente, no final do ano passado, eles terminarão o ano com uma explosão de fogos. Não há melhor maneira de receber o novo ano do que com fogos de artifício, celebridades e performances em todo o majestoso cenário do Monte Fuji. Visite o site oficial do parque Fuji-Q Highland.


04: Asakusa Hanayashiki

Entre em um mundo imerso em tradição quando você for a Asakusa Hanayashiki, o parque de diversões mais antigo de todo o Japão. Ele abriu em 1853 como um parque de flores, e mais de 160 anos passaram a se transformar em um movimentado parque de diversões que continua sendo amado por clientes jovens e mais velhos. Tem todas as atrações clássicas, incluindo montanhas-russas, casas assombradas e espetáculos de palco deslumbrantes. Não só isso, mas Hanayashiki também é incrivelmente pitoresco. A partir de agora até 1 de abril de 2018, Asakusa Hanayashiki será iluminada todas as noites com suas iluminações especiais "Lumi-yashiki" para criar um lugar ainda mais mágico para se visitar. Visite o site oficial do parque Asakusa Hanayashiki.


03: Toshimaen

Com o objetivo de entrar no lado nordeste de Tóquio, Toshimaen é outro parque de diversões de longa data que existe desde a era Taisho em 1926. No ano passado, passou pelo 90º aniversário, comemorando uma história de diversão e emoções familiares. Além dos passeios habituais, a Toshimaen mostra sua personalidade única com um parque de cães, área de pesca, jardim de animais de estimação interativo e muito mais. Você não gostaria de conhecer um lindo canguru em Tóquio? Com tantas atrações diferentes, você pode facilmente passar um dia inteiro em Toshimaen. Eles aceleraram para a temporada de Natal e fizeram o evento Winter Fantasia! Com uma visão deslumbrante com suas áreas totalmente iluminadas e mapeamento de projeção 3D. Visite o site oficial do parque Toshimaen.


02: Yomiuriland

Se você querer apenas passar horas relaxando entre belos cenários noturnos, este é o lugar perfeito para isso. Um dos pontos mais populares para iluminações de inverno, a Yomiuri Land possui os maiores locais de iluminação da região, com um total de 5.500.000 luzes LED acendendo o parque durante a noite. Com uma variedade de diferentes áreas temáticas, os visitantes podem aproveitar o tempo explorando e admirando os monitores LED lindos enquanto tira fotos. Como o maior parque de diversões de Tóquio, você pode ter certeza de que terá muito espaço sem ter que lutar contra as multidões. Visite o site oficial do parque Yomiuri Land.


01:Sanrio Puroland

Prepare-se para este parque temático único transbordante de coisas kawaii! Todos os nossos personagens favoritos se juntam para nos receber em Sanrio Puroland e nos deixam aproveitar a atmosfera puramente adorável de tudo o que Sanrio tem. Mesmo se você não é um fã, você pode simplesmente se apaixonar por todos os pontos fotogênicos e apresentações de palco animadas. Os próprios personagens também saem para cumprimentá-lo pessoalmente, de modo que será uma reunião para lembrar durante o seu tempo em Tóquio. Eles fecharam 2017 com dois eventos especiais, "Puro Christmas" no dia 25 de dezembro, e um evento de Ano Novo "Tribute to Wonderful!", De 26 de dezembro a 19 de janeiro, onde você pode ver os personagens em quimono! Visite o site oficial do parque Sanrio Puroland.

Eu com certeza já coloquei na minha lista de lugares para visitar, todos esses parques. E você, o que achou? Qual é o seu favorito?